Tudo sobre Mountain Bike [Regras, História, …]

O Mountain Bike é um esporte que se carateriza como sendo uma variante do ciclismo de estrada, mas praticada em trilhos de terra batida, pedras e outros solos adversos.

Tem tido uma crescente popularidade como poucos desportos já tiveram e hoje em dia já é praticado em todo o mundo, desde profissionais como em Cross Country, ou apenas com fins recreativos e de descoberta como em Cicloturismo.

História do Mountain Bike

Esta modalidade surgiu por volta dos anos 50/60, quando um grupo de jovens ciclistas começou a explorar os trilhos e descidas das montanhas da Califórnia. Não estamos a dizer que nunca ninguém tinha andado com uma bicicleta fora da estrada, mas apenas nesta altura começou a ter mais impacto, surgindo assim também as primeiras modificações nas bicicletas para a prática deste esporte.

Os nomes que se destacam nesta modalidade como os “pais” do Mountain Bike são Tom Ritchey e Gary Fisher, sendo eles os primeiros a começar as bicicletas para Mountain Bike.

No inicio começaram por usar quadros cruizer (frequentemente vistos em Schwinn) e fazendo um upgrade nos travões, usando também pneus mais grossos.

Atualmente ambos têm as respetivas marcas próprias deste tipo de bicicletas, tornando-se assim referências neste meio.

Mountain Bike Olímpico

Com o grande crescimento de popularidade deste esporte não tardou a que ele se tornasse uma modalidade Olímpica, mais especificamente a variante de Cross Country. Esta variante tem um regulamento próprio e regras especificas que não se aplicam sempre em outras provas fora das Olimpíadas, tal como acontece com outros esportes.

Em 1996, nos Jogos Olímpicos de Atlanta foi quando se praticou pela primeira vez Cross Country nas Olimpíadas.

Já mais recentemente, em 2008 nos jogos Olímpicos de Pequim, foi também adicionada outra variante do Mountain Bike, o BMX.

Mountain-Bike-2

Principais diferenças entre Ciclismo de Estrada e Mountain Bike

A maior diferença que todos notam é o tipo de solo. No ciclismo de Estrada, todo o percurso é feito na estrada, sendo normalmente a maior parte dela asfalto, já no Mountain Bike, também podem andar em estradas ou em asfalto mas será sempre muito pouco. Os caminhos de terra, lama, descidas, subidas, galhos, pedras, … são as coisas que caraterizam este esporte.

Leia Mais >  Futebol Americano Feminino [Lingerie Football League]

Outra diferença é a quantidade de proteção. Como no Mountain Bike, muitas das variantes são a descer e/ou subir trilhas de terra com todo o tipo de obstáculos, é preciso maior proteção para evitar lesões e feridas em caso de queda, sendo esta bem mais provável que no ciclismo de estrada.

As bicicletas também mudam bastante das de estrada (sendo que as de Mountain Bike variam bastante entre variantes) tendo elas estruturas mais reforçadas, suspensão traseira ou completa para facilitar a sua condução, travões mais eficazes, entre outras coisas..

Por último, como o Montain Bike é feito em trilhos, não tem como ter um rápido apoio de ninguém em caso de alguma avaria, por isso estes ciclistas costumam ter um conhecimento razoável da sua bicicleta e como arranjar pequenas coisas na hora para poderem continuar o mais rapidamente a prova.

Mountain-bike-corrida

Variantes de Mountain Bike

Existe uma quantidade imensa de variantes deste esporte, sendo algumas delas até regulamentadas e organizadas provas para as mesmas. Vamos agora enumerar e explicar as variantes mais comuns e populares:

Cross Country

Esta é a variante mais antiga do Mountain Bike, sendo ela a que originou todo este movimento. Como já referimos, as suas regras variam de prova para prova, sendo que as Olimpíadas tem até as suas próprias regras.

Geralmente é feito num percurso fechado, onde todos os ciclistas largam ao mesmo tempo e o percurso é composto por subidas, descidas, partes mais técnicas, etc pondo assim á prova o atleta e mostrando o quão completo ele é.

Vence aquele que chegar primeiro á meta.

Cross-Country

Downhill

Como o nome já indica, a sua principal caraterística é ser feita a descer colinas com saltos, curvas apertadas e todo o tipo de obstáculos. Os ciclistas partem individualmente e ganha quem completar o percurso no menor tempo.

Esta variante é especialmente perigosa pela alta velocidade a descer e por isso também se usa mais proteção como um capacete Full-face, joelheiras e até uma espécie de colete que protege o peito.

Não é tão praticada como outras variantes apesar de ser bastante popular principalmente devido ao alto custo para participar, sendo as bicicletas de downhill bastante caras e depois é preciso muitos elementos de proteção também.

Leia Mais >  Tudo sobre Krav Maga

downhill-corrida

Trip Trial

Esta mistura um pouco de lazer com competição. Com isto eu quero dizer que não existem profissionais só de trip trial, sendo ele praticado por ciclistas de todas as variantes do Mountain Bike e até amadores.

Carateriza-se como tendo um longo percurso, podendo até durar dias, e faz a ligação de ponto A a B. Estas provas normalmente são mais festivas fazendo a ligação de uma cidade á outra, um pouco como o ciclismo de estrada onde os espetadores podem ver á borda da estrada ou do trilho.

trip-trial

Freeride

Esta é a versão recreativa do Downhill. Não é sempre a descer como no Downhill mas tem também obstáculos e saltos que trazem adrenalina e espetáculo.

As bicicletas para Freeride costumam ser um pouco diferentes das de Downhill. Free Ride pode também ser feito no meio da cidade, pelos passeios, escadarias e por vezes alguns saltos artificiais temporários, sendo chamado de Urban Assault.

freeride

4X

4X é muito semelhante a BMX, sendo feito também numa largada de 4 elementos, e tem como objetivo chegar primeiro que os adversários á meta. O percurso tem curvas inclinadas como principal caraterística.

4x

Trial

Não tão popular mas talvez você já tenha visto na televisão, o Trial consiste em fazer um determinado percurso sem tocas com os pés no chão, sendo penalizado sempre que o fazer, passando por obstáculos como latões, cavaletes, rochas, muros ou até carros.

As bicicletas para esta modalidade são muito especificas tendo como algumas caraterísticas possuírem quadros mais pequenos e reforçados, os pneus mais e sem câmara, tudo para aguentar melhor impactos e ter mais aderência.

Esta é uma modalidade bastante técnica e que requer muita perícia para que possa ser praticada.

trial

Uphill

Basicamente é a versão oposta ao Downhill, tendo que fazer subidas em trilhos e deve-o fazer no menor tempo possível. Para esta variante o ciclista deve ter uma grande capacidade física e resistência, usando materiais muito leves para facilitar na subida.

uphill

Enduro de Regularidade

O mais interessante desta variante é que ao contrário da maioria dos desportos de corrida onde você deve chegar primeiro á meta ou completar o percurso no menor tempo possível, aqui as provas têm um tempo para serem completas pré-definido pela organização, baseando-se no tempo estimado levado para completar os vários trechos do percurso.

Leia Mais >  Esgrima em Cadeira de Rodas [História, Regras, ...]

Por cada segundo de atraso, o ciclista é penalizado com 1 ponto, enquanto por cada segundo adiantado é penalizado com 3 pontos.

Esta competição promove a regularidade e não o tentar ir a toda a velocidade para a meta, tendo assim um melhor controlo da sua performance e uma boa noção de tempo.

enduro

BMX

A última variante competitiva do Mountain Bike é o BMX. Como já referido, atualmente é uma modalidade Olímpica, a qual é bastante popular e atrai todo o tipo de pessoas, já que normalmente é feita num percurso pré-determinado (uma pista) com curvas e saltos que fazem o público gostar e apreciar mais o desporto.

São feitos em percursos curtos, de forma rápida. De certeza forma têm semelhanças com o motocross, daí também a sua grande popularidade.

bmx-corrida

Equipamentos

Lembrando que alguns destes podem variar entre variantes do Mountain Bike, vamos agora ver os equipamentos de proteção mais comuns:

Capacete

Este é um equipamento essencial para a sua proteção e deve ser sempre usado. Existem dois tipos de capacete. O simples que protege o topo da cabeça e o Full Face, que é semelhante ao de motocross e protege também o queixo (este é usado em variantes de mais perigo como o Downhill ou o BMX);

Mountain-Bike-capacete

Sapatilhas

Estas devem ser apropriadas para a pratica de Mountain Bike e se encaixar bem nos pedais para que nunca acabem por escorregar e poder provocar um acidente.

downhill-tenis

Óculos de Proteção

Como é um esporte praticado em trilhas de terra, é recomendado que use óculos de proteção para não levar com terra ou algum pedra nos olhos.

Downhill-oculos

Cotoveleiras e Joelheiras

Todos sabem para que servem e são apenas opcionais mas recomenda-se o seu uso especialmente nas variantes em que são feitas com muitas descidas, saltos e curvas apertadas, tendo estas uma maior probabilidade de queda.

Cicloturismo

Não é uma modalidade mas mais um estilo de vida. O cicloturismo consiste em andar de bicicletas por estrada e trilhos de forma a conhecer e explorar novos lugares.

Existem pessoas que adotaram mesmo este estilo de vida e vão de pais a pais de bicicleta conhecer novos lugares, pessoas e culturas, divulgando assim também esta forma de locomoção e de viver.

1 Comment
  1. anyy
    27 agosto, 2016

    preciso somente das regras do ciclismo Mountain bike

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *