Ténis em Cadeira de Rodas (Paralímpico) [História, Regras, …]

tenis-em-cadeira-de-rodas

História do Ténis em Cadeira de Rodas

O ténis em cadeira de rodas surgiu em 1976, nos Estados Unidos, por Brad Parks, o qual estava em busca de um esporte que o ajudasse na sua reabilitação, visto ter se lesionado enquanto praticava esqui acrobático.

O esporte rapidamente se desenvolveu e em 1988, foi incluído nos Jogos Paralímpicos de Seul como esporte de demonstração.

Na edição seguinte em Barcelona, já passou a ter direito a medalhas.

Regras DO TÉNIS Paralímpico

O ténis paralímpico é muito semelhante ao ténis tradicional, tanto na pontuação, forma de jogar, equipamentos utilizados, quadra, etc…

Mas como é óbvio, tem algumas mudanças que são necessárias por causa da condição física dos participantes.

Só podem participar as pessoas que perderam algum membro ou que tenha ficado de alguma forma incapacitado.

Diferenças

Se o jogador que estiver a sacar não tiver condições físicas para fazê-lo, outra pessoa pode sacar por ele.

A bola pode quicar não uma mas duas vezes no campo antes de lhe bater com a raquete, podendo a segunda vez ser já fora do campo.

tenis-paralimpico

Classificação

Como na grande maioria dos esportes paralímpicos, no ténis em cadeira de rodas os jogadores são classificados em duas categorias distintas, sendo elas:

  • Open – Atletas que têm limitações nas pernas mas estão ótimos nos braços;
  • Quad – Atletas que têm limitações nas pernas e também algum tipo de limitação no manuseamento do braço com que jogam.

E então, ficou a saber mais sobre o ténis em cadeira de rodas, incluindo a sua história e regras?

Se ficou com alguma dúvida não hesite em deixar nos comentários que nós iremos tentar responder o mais rapidamente possivel.

Leia Mais >  Rugby Paralímpico ou Em Cadeira de Rodas [História, Regras, ...]

1 Comment

  1. ERISON SANTANA DOS SANTOS
    21 Maio, 2017

    Bom dia, as duas categorias podem disputar juntos ?
    ou uma categoria só pode jogar com a mesma ?

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *